OMS eleva nível e anuncia pandemia de gripe suína

11/06/2009

GENEBRA – A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou nesta quinta-feira, 11, a elevação da classificação da gripe suína para o nível seis, que indica pandemia, informa o jornalista Jamil Chade, de Genebra. Segundo a Organização, a criação de uma vacina não deve ocorrer antes de setembro. O governo da Suécia foi o primeiro a informar sobre a elevação do nível.

Segundo o último balanço, os casos de infectados pelo vírus AH1N1 já somam 27.737 em 74 países, com 141 mortos, desde o final de abril. O Brasil tem 52 casos. A elevação do nível acontece após uma reunião de emergência com especialistas para discutir a disseminação do surto da gripe, onde os critérios para elevar o nível de alerta foram analisados.
Mapa da contaminação e mortes confirmadas da Gripe “A”


Gripe suína: 19.273 casos e 117 mortes em 66 países

03/06/2009

GENEBRA, Suíça (AFP) — O vírus A (H1N1) da gripe suína contagiou 19.273 pessoas em 66 países e provocou 117 mortes, informa o balanço mais recente da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Depois que o Egito anunciou o primeiro caso da doença, nenhum continente está livre da gripe suína.

Desde o balanço anterior da OMS, divulgado na segunda-feira, foram registrados 1.863 novos casos da doença, com duas mortes.

A maioria dos novos casos foi registrada nos Estados Unidos: 1.078 casos, incluindo as duas mortes.

Como a OMS realiza as próprias verificações, isto explica a diferença entre os números da organização e os dados de cada país.


Kuweit registra casos de gripe H1N1 em soldados dos EUA

23/05/2009

Fonte: Oglobo

KUWEIT (Reuters) – Soldados norte-americanos foram confirmados como sendo os primeiros casos de infecção da gripe H1N1 no Kuweit, informou a agência de notícias estatal Kuna neste sábado, citando uma autoridade do governo.

A gripe H1N1, inicialmente conhecida como gripe suína, foi detectada em um número indefinido de soldados.

Alguns foram mantidos em quarentena em sua base militar para tratamento e outros deixaram o país, segundo a Kuna.

Estes são também os primeiros casos confirmados no Golfo Pérsico -o maior exportador de petróleo do mundo.

O Kuweit é uma das principais bases logísticas do Exército dos Estados Unidos para sustentar tropas no Iraque.

“Os soldados norte-americanos, cujos nomes e idades não foram revelados, foram examinados e receberam medicação apropriada”, disse o sub-secretário da Saúde Ibrahim al-Abdulhadi à Kuna.

Autoridades da Saúde não estavam imediatamente disponíveis para comentar o caso.

O vírus H1N1 já infectou mais de 11 mil pessoas em 42 países, matando 86.

(Reportagem de Eman Goma)

Fonte: Oglobo


Ministério confirma 4 casos de gripe suína no Brasil

07/05/2009

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, anunciou nesta quinta-feira que o Brasil confirmou quatro casos de gripe suína. Todos os pacientes contraíram a doença no Exterior, de acordo com o Temporão.

Dos casos confirmados, três contraíram a doença no México e outro nos Estados Unidos. Dois pacientes estão internados em São Paulo, um no Rio de Janeiro e outro em Minas Gerais. Segundo Temporão, “todos são adultos jovens e passam bem”.

A gripe suína foi descartada em 93 pacientes submetidos aos testes. Outros 15 também passaram pelo procedimento, que estão em processo de análise.

Para o ministro Temporão, a confirmação desses casos demonstra que o governo brasileiro está preparado para lidar com a doença. Ele garantiu que a situação está sob controle. “Todos os casos são importados, o vírus não circula no Brasil”.

Ontem, o Ministério da Saúde anunciou a chegada de kits com reagentes para o diagnóstico da gripe suína. A confirmação ou não da doença era feita antes por exclusão. O material coletado do paciente era analisado para verificar a existência de outros vírus e outros tipos de gripe.

Mais informações em instantes.

Redação Terra


Vírus H1N1 se aproxima da área afetada pela gripe aviária

05/05/2009

05/05/09  – Situação da Gripe H1N1 no mundo. 

Casos Confirmados: 1273  Casos de morte confirmada:27

——————————

O Sudeste Asiático, um dos epicentros da gripe aviária que ressurge a quase cada ano na região, escapou até nesta terça do vírus A (H1N1) da gripe suína, que teve também pouca incidência no resto do continente, com alguns casos na Coréia do Sul e na China.

No momento em que o número de infectados pela gripe suína supera os 1,1 mil no mundo todo, e países da América e da Europa estão entre os mais afetados, o vírus A (H1N1) está cada vez mais próximo das nações do Sudeste Asiático, cujos Governos tentam impedir que a gripe aviária se propague novamente, ativa principalmente no Vietnã e na Indonésia.

Segundo os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), no mundo todo e desde o final de 2003, 257 pessoas morreram por causa da gripe aviária, incluindo 196 nos países do Sudeste Asiático.

A gripe suína, que se originou no México, já chegou até a Ásia, um continente que economicamente depende muito do turismo e da troca comercial, que tem cidades com alta densidade de população e onde alguns Governos de países em desenvolvimento investem pouco dinheiro em infraestrutura de saúde.

Até o momento, a OMS confirmou um caso de contágio humano do vírus A (H1N1) em Hong Kong e outro na Coréia do Sul, ambos em pessoas que recentemente visitaram o México, para onde voltam hoje, em um avião especial, pelo menos 43 mexicanos que foram isolados em Xangai pelas autoridades chinesas.

O avião fretado pelo governo do México deve também fazer escalas em Pequim, Cantão e Hong Kong, onde 270 hóspedes e pessoal do hotel onde foi detectado o primeiro caso de gripe suína passavam o quinto dia de quarentena.

Na Coréia do Sul, as autoridades sanitárias anunciaram hoje o segundo caso de gripe suína, aparentemente o primeiro causado por contágio humano no país, já que a pessoa não viajou para nenhum dos países mais afetados e que convivia com a paciente que foi o primeiro caso no país, informou a agência local Yonhap.

Preocupados com o devastador efeito que a chegada de outro vírus como o H5N1 da gripe aviária pode causar na saúde da população e nas respectivas economias, os sistemas de saúde dos países do Sudeste Asiático estão em estado de alerta máximo.

A OMS reiterou hoje que não recomenda restringir as viagens nem fechar as fronteiras, mas considerou “prudente que aqueles que estão doentes adiem viagens internacionais.

Assim, na Tailândia, passageiros procedentes do México e aqueles com temperatura corporal acima da regular foram colocados em quarentena. Nos aeroportos do Vietnã, Malásia, Cingapura, e Indonésia, as equipes sanitárias realizam exames clínicos nas pessoas suspeitas de estar com qualquer tipo de gripe.

Em Cingapura, onde ainda não foi detectado nenhum caso de pessoa contagiada pela gripe suína e o estado de saúde da população sempre foi uma prioridade do governo, várias escolas pedem que os alunos levem um termômetro para medir a temperatura duas vezes ao dia, como medida de precaução.

Esse é o caso dos estudantes da escola Republic Polytechnic, que são punidos com uma multa de 5 dólares cingapurianos se deixaram de levar o instrumento e são obrigados a colocar os dados na internet para que a direção do centro possa acompanhar o estado de saúde dos alunos.

Se um estudante marca uma temperatura superior a 37,6 durante várias medições, é enviado ao médico. Além da obrigatoriedade de levar termômetro, várias escolas instalaram scanner de medição da temperatura em suas principais entradas e exibem vídeos explicando as precauções que as pessoas devem adotar para evitar o contágio da gripe suína.

EFE

 Terra

———————–

 


Casos da nova gripe chegam a 898 em 18 países, diz OMS

03/05/2009

Casos da nova gripe chegam a 898 em 18 países, diz OMS

Número de mortos permanece 20, segundo entidade. México e EUA seguem como principais focos do vírus

O México, com 506 casos, EUA, com 226, e Canadá, com 85, são os países com mais pessoas afetadas pelo vírus A (H1N1), segundo este último relatório.

Os demais países com casos são: Áustria (1), Canadá (85), China, Hong Kong (1), Costa Rica (1), Dinamarca (1), França (2), Alemanha (8), Irlanda (1), Israel (3), Itália (1), Holanda (1), Nova Zelândia (4), Coreia do Sul (1), Espanha (40), Suíça (1) e Grã-Bretanha (15).

Continuar Lendo

30 dos 50 estados dos EUA já estão infectados pela Gripe H1N1


Gripe H1N1

03/05/2009

GENEBRA, Suíça (AFP) — A Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou neste domingo 787 casos de gripe A(H1N1) em 17 países de todo o mundo, incluindo 506 casos no México, com 19 mortes, e 160 casos nos Estados Unidos, com uma vítima fatal.

O governo do México confirmou na noite de sábado o número de 19 mortos, mas anunciou que o país registrou 473 casos.

México: 506 casos, 19 fatais

Estados Unidos: 160 casos, um fatal

Canadá: 70

Grã-Bretanha 15

Espanha: 13

Alemanha: 6

Nova Zelândia: 4

Israel: 3

França: 2

Áustria: 1

Holanda: 1

Suíça: 1

China (Hong Kong): 1

Dinamarca: 1

Coreia do Sul 1

Costa Rica 1

Irlanda 1

======================================

Número de casos da gripe suína sobe para 787 em 17 países

Continuar Lendo

===========================
Gripe H1N1: Primeiro caso confirmado na Colômbia, também primeiro caso na América do Sul

Continuar Lendo

==========================