Detectado gás em Marte que seria sinal de formas de vida

26/01/2009

Emissões esporádicas de metano foram detectadas em vários pontos do planeta Marte, o que pode indicar uma atividade geológica ou mesmo a possibilidade de processos biológicos, segundo estudo publicado nesta quinta-feira.

“Na Terra, os organismos vivos produzem mais de 90% do metano presente na atmosfera, e os 10% restantes têm origem geoquímica. Em Marte, o metano pode ser um sinal de uma coisa ou outra”, explicam os autores do trabalho, que sairá na edição da revista americana Science desta sexta-feira.

O volume de emissões de metano observadas no planeta vermelho são comparáveis ao de sítios ativos da Terra, destaca o astrônomo Michael Mumma, principal autor do estudo e diretor do centro de astrobiologia do Goddard Space Flight Center, da Nasa, agência espacial americana.

No entanto, “a origem dessas emissões de metano em Marte é um mistério”, afirmam os cientistas, “e ainda não se chegou a um consenso”. As duas hipóteses – origem geoquímica ou biológica – são fundamentadas em fenômenos análogos conhecidos na Terra.

AFP


Finalmente um círculo inglês sem enigmas

26/12/2008

Segundo os estudiosos, os Maias, fizeram um calendário que diferentemente das outras civilizações antigas, tem data certa para o fechamento de um ciclo que será no dia é 21 de dezembro de 2012.

Existem outros povos que fizeram previsões, mas segundo os cientistas, a única clara quanto a data é a civilização Maia.

Quando iniciei minhas pesquisas, descobri que os Maias eram muito estudiosos e que segundo eles; “o tempo é redondo”, tudo muda e se repete num ciclo de 5125 anos.

Fonte: http://www.discoverybrasil.com/guia_maia/calendario_maia/index.shtml

Este ciclo está para se fechar no próximo dia 21 de dezembro de 2012.

Especulações sobre o ano não faltam na internet, ou em livrarias.

Por exemplo: “Internet anuncia catástrofe para 2012.” http://tecnologia.terra.com.br/interna/0,,OI2744914-EI4802,00.html matéria publicada no Portal Terra em 15 de abril de 2008.

Algumas informações são verdadeiras e comprovadas, como o ciclo solar que dura em média 12 anos, e que em 2010 e 2011 estará em sua máxima, como mostra esse artigo:

http://www.apolo11.com/spacenews.php?posic=dat_20070103-091952.inc

Também existe muita especulação quanto a data real com a precessão dos equinócios (movimento para trás do eixo terrestre em relação à esfera celeste, coloca o eixo norte apontando para diferentes estrelas no decorrer do tempo. Um ciclo completo dura cerca de 25 800 anos, ao fim dos quais o eixo norte apontará para a mesma estrela novamente.), outra especulação é que em 2012 o sistema solar estará alinhado com o centro da via-láctea em um movimento de sobe e desce, e que, esse alinhamento, levará mais de 5 mil anos para acontecer novamente.

cur1

 

Na cor verde o sistema solar, após cruzar o centro, levará outros 5 mil e tantos anos descendo e subirá novamente, e assim sucessivamente.

 

 

 

 

Alguns dizem que, após o sistema solar passar pelo centro da galáxia, os pólos se inverterão; o que é sul será norte e o que é norte será sul, devido a gravidade exercida pelo centro da via láctea.

Enfim, muita especulação.

Arqueólogos utilizando a técnica do carbono-14, afirmam que a maioria das civilizações conhecidas, tem seus artefatos mais antigos estimados com idades muito parecidas: Sumérios, Egípcios, até mesmo “Stonehenge”, na Inglaterra, sempre na casa dos 3000 anos Antes de Cristo.

Bom, isso é ciência, e deixei de acreditar tanto assim em cientistas quando, no ano de 2000 cientistas afirmavam e aprendíamos na escola que Júpiter tinha 17 luas, isso há 8 anos, quando a 17ª lua foi descoberta. http://veja.abril.com.br/020800/p_070.html

Hoje sabe-se que Júpiter tem “pelo menos” 63 luas. http://www.apolo11.com/tema_astronomia_jupiter.php

Então parei de acreditar que os cientistas sabem tudo, pois as luas são enormes, e Júpiter não está tão longe assim da Terra.

 “Avebury Manor”, Inglaterra, 15 de julho de 2008.

Pesquisei sobre esses tais “círculos ingleses” (círculos em plantações), que aparecem em vários lugares do mundo, e que fique bem entendido, vários, inclusive no Brasil, onde em 2008 apareceram alguns, e foram, digamos assim, ridicularizados pela imprensa brasileira.

O que são “crop circles”, ou círculos em plantações?

São desenhos que aparecem em plantações (trigo, canola e cevada) e lembram muito os desenhos da cultura maia.

Alguns dirão: “Ah, mas eles são feitos pelo bicho homem!”

Ou colocarão dúvidas como:

Somente aparecem na Europa. Sugiro informarem-se, pois aparecem no mundo todo, além disso; hieróglifos e pirâmides não existem no Brasil, e tem muita especulação que sejam de origem extraterrena.

Porque somente em culturas como trigo, milho, de fácil manipulação e não em florestas de árvores gigantescas?

Se eu fosse dar um recado, escreveria utilizando carvão na parede, ou papel e caneta?

Concordo. E cientistas também concordam que ao menos 30 % deles são feitos pelo homem, mas os outros 70% não tem como comprovar, pois apresentam algumas peculiaridades no mínimo estranhas.

Vejamos um trecho de um texto tirado da internet.

“A maioria dos cerealogistas reconhece que vários dos círculos foram e continuam sendo feitos por pessoas com intenções variadas, que iriam desde a simples vontade de aparecer até a tentativa deliberada de desacreditar o fenômeno, mas acreditam que a maioria dos círculos possuem características que não poderiam ser reproduzidas pelos seres humanos. Seriam elas:

(1) Presença de quantidades anormais de radiação eletromagnética;

(2) Hastes das plantas dobradas e não quebradas;

(3) Alterações biofísicas nas plantas;

(4) Aparelhos elétricos e magnéticos como câmeras, bússolas e celulares que não funcionam no interior dos círculos.

Outras características menos comuns relatadas por testemunhas incluem alterações do espaço-tempo no interior dos círculos são documentadas por fotografias (?) e relógios que param, depósitos microscópicos de material de meteoritos e sensações de desconforto, como tonturas e vômitos, no interior dos círculos.

Existem vídeos na internet de supostas luzes, ou “sondas” fabricando um círculo. O vídeo é de 1996.

 Nesse vídeo existe também um analista afirmando que não se trata de montagem, porém isso não me compete julgar, pois minha função é relatar.

A “mensagem de Chilbolton” e a “Face de Chibolton” foram as formações de maior impacto observadas até hoje, nem tanto pela complexidade, mas pelas conseqüências que trazem ao estudo do fenômeno. Estas duas formações apareceram em agosto de 2001 com apenas uma semana de diferença, em um campo ao lado do observatório de Chilbotlton em Hampshire.

A “Face” tem sido frequentemente comparada à “face de Marte”, uma formação rochosa na superfície de Marte que devido à iluminação se assemelha a uma face humana, e que para os ufólogos seria a prova de que há ou já houve vida naquele planeta. Isto seria o bastante para deixar estupefatos os cerealogistas e ufólogos de todo o mundo, mas nem isso os preparou para o que veio uma semana depois.

Segundo o que pesquisei em 1974 o radiotelescópio de Arecibo em Porto Rico enviou uma mensagem de rádio em direção às estrelas na tentativa de estabelecer contato com possível vida extraterrestre. Esta mensagem, transmitida em código binário, continha várias informações sobre nossa raça como um mapa da localização da Terra no sistema solar, a estrutura em hélice do DNA humano, a população da Terra e uma imagem humana. Pois a formação descoberta nas plantações inglesas, uma semana depois da “Face” e bem ao lado dela, é uma cópia modificada daquela mensagem. Contém no lugar da figura humana, a figura humanóide de um alienígena, um DNA modificado com uma hélice extra que contém silício em sua composição, um conjunto de planetas diferente do nosso e o número 21 bilhões no lugar da população da Terra.

As implicações destas duas formações são claras: uma vez que se aceita que elas não tenham sido criadas por boateiros, se é forçado a admitir uma origem alienígena abandonando as outras teorias.

cur2

 

 

 

 

 

 

 

 cur3A face desenhada no campo

cur4Ambas uma ao lado da outra, feitas uma semana após a outra. Atenção para o tamanho e a complexidade disso.

A mensagem de Chibolton, a mensagem original enviada pelo programa SETI ao espaço e a face de Chibolton.

cur5Fotografia aérea mostrando as duas formações

A formação de Milk Hill com 409 círculos é provavelmente a maior, mais impressionante, mais bela e mais complexa jamais construída (o ponto preto que você NÃO consegue ver no círculo central é uma pessoa). Os cerealogistas o receberam com entusiasmo, pois acreditaram finalmente ter encontrado um círculo acima de qualquer dúvida, um que não poderia ter sido feito por homens em apenas uma noite de trabalho (na Inglaterra uma noite de verão tem em média 5 horas de duração). Nenhum grupo assumiu sua autoria até o momento. Para fazer esse desenho em uma noite, seria preciso desenhar cada círculo em menos de um minuto cada. Segundo sites da internet a formação tem mais de 600 mil metros quadrados.

cur6

 cur7A imagem acima tem 80 por 120 metros, e o cd está cheio de pontinhos, estes pontos são trigo em pé. Não demorou muito para descobrirem que são palavras escritas em código ascii.

ASCII (acrônimo para American Standard Code for Information Interchange, que em português significa “Código Padrão Americano para o Intercâmbio de Informação”) é uma codificação de caracteres de sete bits baseada no alfabeto inglês. Desenvolvida a partir de 1960, grande parte das codificações de caracteres modernas a herdaram como base.

A codificação define 128 caracteres, preenchendo completamente os sete bits disponíveis. Desses, 33 não são imprimíveis, como caracteres de controle atualmente obsoletos, que afetam o processamento do texto. Exceto pelo caractere de espaço, o restante é composto por caracteres imprimíveis. Fonte Wikipédia.

cur8

cur9Código ascii, trigo em pé número 1, deitado, número 0

Prestemos atenção nos detalhes e o trabalho que isso deu.

cur91

 Traduzindo o que estava escrito no CD inteiro apareceu o seguinte.

Beware the bearers of FALSE gifts & their BROKEN PROMISES. Much PAIN but still time. EELRIJUE. There is GOOD out there. We OPpose DECEPTION. Conduit CLOSING (BELL SOUND)

Exatamente assim.

A tradução está do modo que está escrito, palavra por palavra, e não como uma tradução rígida do inglês para o português.

 Cuidado os portadores de FALSOS presentes e suas QUEBRADAS PROMESSAS. Muita DOR mas ainda tempo. EELRIJUE. Existe BEM lá fora. Nos OPomos DECEPÇÃO. FECHANDO canal. (SINO SOM).

 Não me perguntem o que quer dizer EELRIJUE, pois ninguém sabe dizer, novamente existe apenas especulação.

Há muito sobre essas formações em uma palestra de Jaime Maussan – (UFO Conference 2005), disponível na internet.

 Agora o motivo principal da matéria.

Dia 15 de julho de 2008, apareceu um desenho em Avebury Manor Inglaterra.

Esse desenho.

cur92

cur93

 

Se pegarmos um software qualquer disponível na internet, como o celestia, por exemplo:

http://baixaki.ig.com.br/download/Celestia.htm

e colocarmos no programa a data de 21 de dezembro de 2012, teremos exatamente a formação do desenho.

Link das imagens acima.

http://www.x-cosmos.it/cropcircles/index.php?filterdrzava=&filtergodina=2008&filtermjesec=&Submit=Registros+mostram

 

Formação planetária do dia 16 de julho de 2008.

 cur94

 

Agora a formação em 21 de dezembro de 2012 (Mercúrio, Vênus, Terra e Marte)

 cur95

 

Agora; Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e o rebaixado Plutão

cur96

 Não sou cientista. Também não acredito apenas em sites e especulações, mas tenho que admitir que a imagem é claríssima e fiel à data.

E o mais importante, como o desenho é fiel à formação em questão, teremos a uma evidência enorme dos extraterrestres como autores dos famosos “crop-circles” com o intuito de nos avisar ou, se eles realmente são  feitos por seres humanos, como dizem os céticos.

Vamos esperar o dia 21 de dezembro de 2012!

Texto Retirado de:

Créditos:

Por Administrator   
20 de julho de 2008
Por Antonio Ilenich

Retirado do link: Cub (Centro de Ufologia Brasileiro)

Última Atualização ( 20 de julho de 2008 )