Nibiru novamente?

11/05/2009

Outra filmagem com um “solzinho” em volta do sol?!?Nibiru?? reflexo??

Se não viu o primero video Clique Aqui


Será Nibiru?

06/05/2009

O video que circula na internet, seria o por do sol e perto da nossa estrela temos um pequeno “solzinho”. No video aponta ser o próprio nibiru, não se sabe a autenticidade do video, mas os comentários em baixos dizerm ser Venus ou até mesmo a lua.Fato ocorrido em 21/04/09.  O que será? Fica essa pergunta no ar.

O que vocês acham?!?


22 de julho: “O Eclipse do Século”

20/04/2009

Para 22/07/09

O mais longo eclipse total do Sol no século 21 irá ocorrer no dia 22 de julho. Os efeitos serão observados em sua plenitude inicialmente no mar da Arábia. A umbra (em astronomia umbra significa a parte mais escura da sombra de um astro) seguirá pela Índia central, sudeste do Nepal, Butão, nordeste de Bangladesh, leste da Índia e o centro-sul do Tibete. A umbra seguirá cortando o meio da China e depois pelo leste da China e finalmente nas em algumas das ilhas Ryukyu (or Nansei). A cerca de 325 km a leste-sudeste de Iwo Jima será o ponto mais notável do grande eclipse, como podemos ver no diagrama abaixo:

se2009jul22totaleclipsesun

Será o inegavelmente o melhor eclipse do século 21, uma vez que será o mais longo a ocorrer desde 1991. Outro similar a esse só ocorrerá em 2132. Imperdível!

solar-eclipses_10_25_951

http://dsc.discovery.com/space/top-10/sky-events-2009/index-08.html


Novos dados podem prevenir ação de tsunamis solares na Terra

15/04/2009
1168449-8515-atm17

Concepção artística registra as erupções solares de massa coronal (CME) que saem em direção à Terra

Cientistas da Nasa, agência espacial americana, informaram que os novos dados fornecidos pelas sondas espaciais gêmeas Stereo – lançadas em outubro de 2006 – podem ajudá-los a prever a ocorrência dos tsunamis solares. Uma missão já em andamento está estudando as fortes erupções de massa coronal (CME, na sigla em inglês) do Sol que podem interferir em sistemas de telecomunicação e de posicionamento via satélite na Terra, como os celulares. As informações são da CNN.

A iniciativa tem o objetivo de avaliar o comportamento do Sol e criar mecanismos para prevenir a ação dos tsunamis solares.

Os pesquisadores conseguiram mapear em 3D a movimentação dos maremotos de energia, a partir de imagens captadas pelos telescópios, para analisar suas estruturas, velocidades, direções e massas. Estas emanações contêm bilhões de toneladas de plasma em alta velocidade, produzindo um choque com potentes raios cósmicos capazes de penetrar na atmosfera terrestre.

A massa coronal liberada é semelhante à nuvens gigantes e brilhantes de massa no céu e podem se tornar uma ameaça para astronautas e naves espaciais. De acordo com o físico solar Angelos Vourlidas, do Laboratório de Pesquisa Naval de Washington, as novas informações captadas pelos telescópios gêmeos vão revolucionar a pesquisa sobre o padrão climático cósmico.

“Antes desta missão, as medições e dados de CME só eram observados quando as emanações chegavam à Terra entre três e sete dias mais tarde”, disse o especialista, citado pela CNN. Segundo o físico, “agora podemos ver os potentes raios no momento em que deixam a superfície do Sol até a chegada à Terra”.

Redação Terra

Sol entra em maior período de calmaria em anos, diz Nasa

04/04/2009

O ciclo das manchas solares de 1995 até o presente